Nenhum item adicionado.

Produtos: 2

O lugar mais óbvio para instalar um condicionador de ar é aonde ele for mais necessário e onde ele o fará se sentir mais confortável. Há muitas coisas que podem afetar como um condicionador de ar funciona, baseadas na sua posição – talvez demasiadas para que isto seja uma ciência exata. Há poucas regras básicas a seguir, que garantirão que a colocação seja adequada.

  • Instale-o acima do lugar onde você senta ou dorme. Isto é simples bom senso – que irá garantir que você receba ar resfriado quando o necessite e que você não tenha que esperar para que todo o cômodo fique frio, antes de tirar proveito do benefício.
  • Instale-o num lugar suficientemente alto. O ar frio vai invariavelmente mergulhar para o fundo do cômodo e, a não ser que você suplemente o condicionador de ar com um ventilador, para fazer o ar circular ao redor do cômodo, instalar o condicionador de ar no alto o ajudará a resfria-lo de forma mais uniforme.
  • Escolha cuidadosamente o cômodo. Se você estiver instalando uma única unidade de condicionador de ar, pense onde ela será mais útil. Se você trabalhar em casa, por exemplo, ele será mais apreciado no lugar onde você gasta a maior parte das suas horas de um dia quente. Se não, é mais provável que você se beneficiará mais ao instala-lo no seu dormitório, para dormir confortavelmente.

 

Onde colocar aparelhos internos e os dutos de ar frio

Os aparelhos internos devem ser instalados num lugar central no cômodo que você quer resfriar, para permitir que haja um fluxo direto e balanceado de ar frio por todo este espaço. Pense sobre como este cômodo irá ficar (além do aspecto visual) após a instalação desse aparelho. Se a instalação for feita num dormitório, o melhor lugar, com toda a probabilidade, é diretamente sobre a cama. Se o lugar for numa sala ou num estúdio, instale-lo de forma que você possa dirigir o fluxo de ar para o lugar onde você fica sentado.

Os aparelhos internos também devem ser instalados no alto das paredes, para garantir que o ar frio seja soprado em todo o cômodo. Sempre que for possível, você deve garantir ter fácil acesso ao aparelho, para poder limpa-lo.

Outra consideração importante é garantir que a unidade interna do seu condicionador de ar não seja instalada diretamente sobre instalações elétricas – se o aparelho eventualmente tiver um vazamento, isto pode representar um grave risco.

Tome cuidado ao instalar um aparelho interno perto demais de uma fonte de poeira ou de partículas aéreas (inclusive de grandes aberturas – respiradouros). Se você fizer isto, você provavelmente terá que limpar o filtro com maior frequência, para manter o aparelho funcionando adequadamente.

As regras para os dutos internos de ar frio são muito semelhantes, mas você deve tomar o cuidado de ser capaz de dirigir o fluxo de ar frio, se necessário – ter ar refrigerado soprando na sua cara, ao dormir, pode fazê-lo acordar com uma dor de garganta.

Quando você decidir instalar o seu condicionador de ar, lembre-se de que qualquer trabalho a ser feito requer um instalador profissional experiente.

Onde colocar o seu aparelho externo

Os aparelhos externos de sistemas divididos são geralmente instalados numa parede que dê para fora (não uma divisória interna), mas um instalador profissional experiente e competente será capaz de apontar a melhor localização para cada situação.

Você pode também considerar se o barulho do condicionador de ar irá violar as leis locais sobre poluição sonora. Isto é pouquíssimo provável, a não ser que a unidade fique perto demais de portas ou de janelas de vizinhos. Verifique quais são as regras no seu condomínio.

Os aparelhos externos devem ser montados em lugares estáveis, onde eles não vibrarão e onde haverá bastante espaço livre de ambos os lados, que permita livre fluxo de ar, além de facilitar o acesso para manutenção, e onde eles não ficarão, provavelmente, expostos a substâncias corrosivas.

Na STR, a instalação do seu Ar Condicionado é realizada por uma equipe de técnicos treinados, experientes e atenciosos, que entendem a importância e a necessidade de uma instalação correta para garantir o perfeito funcionamento do seu aparelho.

Com um atendimento rápido e pontual, nossa empresa está sempre disponível para prestar serviços de qualidade, proporcionando o bem-estar e o conforto que você e toda família merecem.

Para atendimento ligue para: (11) 3334-2000 

Para a compra de aparelhos, acesse a nossa loja virtual: http://www.strar.com.br/

           
0 Comentários | Posted in Informações Úteis By Str Ar Condicionado

Um vazamento de água num condicionador de ar pode ser confuso. O processo de desumidificação do condicionador de ar frequentemente causa alguma condensação, mas juntar ou vazar água é diferente. Há poucas coisas que podem causar um vazamento assim e a maioria delas necessita ser adequadamente tratada para que o seu aparelho funcione eficientemente.

Um bom técnico pode ajudar a determinar o que pode estar causando o problema, como também oferecer boas sugestões sobre como tornar a sua casa mais eficiente sob o ponto de vista energético.

Se você verificar o seu aparelho e fizer alguns testes, você pode ser capaz de descobrir a fonte do vazamento. Algumas vezes é necessário consultar um profissional para corrigir o problema, enquanto que, outras vezes, você pode conserta-lo sozinho.

1. A bomba está quebrada

Primeiramente, a bomba do seu condensador pode estar quebrada. Você pode testa-la colocando água na bandeja do condensador, para ver se ela pode bombear o excesso de água para fora. Se ela não puder, verifique primeiramente se a energia elétrica está chegando na bomba. Se isto estiver bem, então é provável que o motor ou o próprio condensador estejam quebrados. Você deve então consultar um profissional para determinar qual é a causa específica do problema.

2. Instalação inadequada

Quando o condicionador de ar está mal instalado, ele pode apresentar um vazamento de água. Se o aparelho não estiver bem nivelado, ou se houver muita pressão, a água pode começar a formar uma pequena poça. Verifique inicialmente se o aparelho está bem nivelado. Se esta não for a causa do problema, verifique se há algumas aberturas de ventilação (janelas) fechadas na casa. O aumento da pressão pode algumas vezes causar vazamento das válvulas.

3. O orifício de drenagem está bloqueado

Há um orifício de drenagem para retirar a água do seu aparelho. Algumas vezes ele pode estar bloqueado por sujeira ou por outros detritos. Verifique o tubo para ver se este é o caso. Limpe o bloqueio, se houver um, o que permitirá que a água escoe adequadamente do condensador e você será capaz de ver que a pequena poça não mais está se formando.

4. A temperatura externa está muito fria

Quando a temperatura começar a mudar, pode ocorrer um acúmulo de água, porque a temperatura externa está muito fria. Isto causa um acúmulo de mais água no aparelho e o que acontece é que ela não evapora como normalmente ocorre. Se for apenas uma pequena quantidade de água, você não precisa fazer nada. Quando a temperatura voltar a subir, o acúmulo de água irá desaparecer.

5. Vazamento de ar

Se a vedação em torno do condicionador de ar não estiver bem feita, excesso de ar quente pode entrar no aparelho. Isto faz a umidade do ar se condensar ao encontrar o ar frio dentro do aparelho. O excesso de umidade então se acumula abaixo do aparelho. Se este for o caso, você precisa vedar novamente a parte de fora do aparelho e garantir que tudo está adequadamente vedado.

O acúmulo de água não é o pior que pode acontecer num condicionador de ar, mas você deve resolver o problema. Se a água estiver se acumulando, o seu aparelho não estará funcionando tão eficientemente como deve. Isto significa que você está gastando mais dinheiro e que a sua casa não fica na temperatura desejada.


De qualquer forma, se precisar de ajuda, ficaremos muito felizes em receber a sua ligação: (11) 3334-2000
           
0 Comentários | Posted in Informações Úteis By Str Ar Condicionado

Produtos: 2